Kung Fu - Shaolin SI

 

Espaço Aberto – R. Cândido dos Reis, 48, Ovar

Sexta-feira das 19h00 às 21h00 e Sábados das 17h00 às 19h00.

Filipe Santos

 

Pavilhão Municipal das Travessas, S. João da Madeira

Segunda-feira e Quarta-feira das 19h00 às 21h00 e Domingo das 9h00 às 12h00 (na piscina municipal).

Mestre Augusto Pinto

 

30€/mês + 35€/ano (em Janeiro de seguro e inscrição na Federação)

Pode começar a praticar dirigindo-se ao local no dia/hora da aula

 

**************************************************************************

Comecei no dia 1 de Setembro de 2007 e terminei no dia 23 de Junho de 2010.

 

Desisti porque, como “arte marcial”, o curso frequentado de kung fu mostrou-se incompleto. Na parte física está muito bem mas falta-lhe a parte das técnicas de combate.

Aconselho vivamente a quem procura tonificação corporal e ginástica acrobática.

Desaconselho a quem procura aprender técnicas de combate e de defesa pessoal.

 

Para ser um curso completo, cada aula deveria ter 20 minutos de ensaio de combate nas diversas distâncias: chão, derrubes, boxe e chutes.

 

A minha frequência do kung fu não foi tempo perdido tendo antes sido muito positiva principalmente porque melhorei o meu desempenho físico e a minha aptidão como professor.

Nas aulas os professores não têm paciência e berram muito sem serem claros no que pretendem. Isso abriu a minha mente para as dificuldades dos meus alunos e passei a ser muito mais paciente, dialogante e compreensivo. Daqui resultou, por um lado, ter alunos mais interessados e, por outro lado, ter melhores resultados nos inquéritos pedagógicos.

 

Iniciei a procura de aulas mais focalizadas no combate corpo a corpo. O Jiu-Jitsu parece-me bem mas tenho dificuldade em arranjar um bom professor pelo que estou a aprender Judo com o mestre Rui Teixeira.

 

**************************************************************************

 

Os chineses, em pinyin, onde escrevo K e Sh, escrevem G e Q, respectivamente

 

O treino consiste em

 

1) Aquecimento: tornozelos, joelhos, cintura, ombros, cotovelos, punhos, dedos, braços, coluna, pescoço. Saltitar para o lado, frente (levar os joelhos), atrás (dobrar os joelhos), cruzado atrás e à frente (bater os pés nas mãos).

 

2) Alongamentos sozinho: Kung bu à esquerda, Kung bu à direita, Ma bu, abertura lateral de pernas, cegonha, etc.

 

3) Alongamentos em pares: abertura de pernas frontal e lateral.

 

4) Exercícios de força: 20 flexões e 20 abdominais.

 

5) Ji Ben Kung (trabalhos básicos):

As posições básicas são 8: Ma Bu; Kung Bu; Cha Bu; Tu Li Bu; Pu Bu; Xu Bu; Xie Bu e Ting Bu.

3 movimentos básicos:

          i)   Ma Bu – Cha Bu;

          ii)  Kung Bu – Kung Bu – Ma Bu;

          iii)  Tu Li Bu – Pu Bu – Xu Bu

4 levantamentos das pernas (pontapés) com os braços em ponte (em crucifixo, mãos abertas e para cima):

          i) frontal;

          ii) rotativo para fora com batimento na mão (que roda para baixo);

          iii) rotativo para dentro com batimento na mão (que roda);

          iv) Cha Bu + pontapé lateral da frente + recuar o pé e equilibrar em Tu Li Bu.

4 movimentos de pontapés (às vezes). p. = pontapé

          i) retira e p. lateral da frente + avança e p. lateral da frente + circular p. de trás;

          ii) p. de trás ao joelho + p. de trás circular + rotação e p. de trás coice;

          iii) p. de trás frontal esticado; p. cruzado para atingir a cabeça de calcanhar + p. lateral em apoio

          iv) p. esticado de trás + roda uma perna esticada até à mão + roda outra perna esticada até à mão

4 movimentos de Kung Li Shuan:

          i) pontapé lateral em círculo (os braços em ponte, dobrados com as mãos fechadas e próximas das orelhas - tipo limpa para-brisas);

          ii) murro duplo para baixo em Ma Bu – murro simples para o lado em Kung Bu;

         iii) rodar o corpo e o braço dobrado em punho para Xie Bu, p. frontal esticado

         iv) Tu Li Bu + Pu Bu + Xu Bu

 

Rodas (com as duas mãos mas há quem faça com uma mão e sem mãos).

Cambalhota com enrolamento para a frente e para trás (eu só faço do lado direito mas também faço para trás e de lado).

Percurso em “carrinho de mão” e em cotovelos: um a segurar as pernas e outro a andar com as mãos e depois com os cotovelos

Por vezes fazem-se pontapés (séries de 20). P. lateral de Ting Bu, P. lateral de Ma Bu, P. frontal de Xu Bu, P. cauda de Kung Bu com a perna da frente e de trás.

 

6) Formas – Tao Lu: Pratico duas formas de Chang Quan (punho longo, lê-se Chang Shua):

Gong Li Quan (trabalho energético, le-se Kun Li Shua) ver vídeo.

Wu Bu Chang Quan (5 posições), ver vídeo 1 muito parecido e vídeo 2 e imagem).

As formas são “ligeiramente” diferentes: Wu Bu Chang Quan como se faz na aula (a vermelho as posições introduzidas e a amarelo a posição que passa a Xie Bu. Tracejado a vermelho é uma posição que existe no vídeo 1 mas não no vídeo 2).

 

Os exercícios e formas desenvolvem o aspecto físico, a força muscular, a velocidade, a flexibilidade, o equilíbrio dinâmico e a orientação espacial.

 

7) Aplicações: É raro haver tempo para as aplicações (rotinas curtas de combate com dois atletas que incluem bloqueios, murros, pontapés, chaves e projecções). Ensinam 6 de Gong Li Quan e um número que desconheço de Wu Bu Chang Quan.

 

8) Combate - Sanda: Praticamente não existe.

 

 

Onde se lê KUNG, escreve-se GONG e lê-se Kun em pinyin.

Onde se lê SHUAN, escreve-se QUAN em pinyin.

 

A Shaolin Si é membro da Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas que é associada da International Wusu Federation

 

 

Editado em 6 de Agosto 2010 – Pedro Cosme da Costa Vieira